Todas as notícias

Projeto Amigos do Peito eleva coleta de leite materno na Santa Casa de Barbacena

Da Redação

Publicado em 03 de ABRIL de 2017 às 10h48


A mamãe doadora, Katrinn Janaina Batista, entregando a doação para a funcionária do IVA,

Há 15 anos a Santa Casa de Misericórdia de Barbacena tem o título de ‘Hospital Amigo da Criança’. Uma das importantes e fundamentais ações da entidade e que vem salvando diversas vidas é a coleta de leite materno. Um trabalho executado silenciosamente, mas grandioso no resultado final. Com este ato simples das mamães doadoras, diversos bebês conseguiram se desenvolver e outros continuam recebendo este alimento que tem feito a maior diferença na vida deles neste processo de crescimento.  

Uma das grandes inovações da Santa Casa de Misericórdia de Barbacena, foi a criação do Projeto Amigos do Peito, quando, em parceria com o Instituto Vicente Araújo - IVA, passou a buscar o leite materno na casa das próprias mamães doadoras, o que elevou a coleta de leite na entidade em cerca de 800%. O recolhimento acontece uma vez por semana, em um veículo do IVA e junto vai uma funcionária da Santa Casa que leva uma caixa apropriada para armazenar os vidros com o leite materno. Todo o leite é encaminhado para o Banco de Leite de Juiz de Fora onde é analisado e pasteurizado e retorna para ser ministrado aos pequeninos.

No período de março a dezembro do ano passado, já com o ‘Amigos do Peito’ em funcionamento, foram arrecadados 78 litros de leite, sendo que antes do projeto, a média por mês era de um litro e atualmente são de 8 litros mês.  Até o fechamento desta matéria dez bebês utilizavam do leite conseguido por meio de doação. Todo este trabalho é gerenciado pelo Comitê de Aleitamento Materno da Santa Casa. Na última semana, nove mamães fizeram doações. Importante ressaltar que o vidro onde as mamães armazenam o leite é repassado pela Santa Casa, pois é um recipiente todo higienizado adequadamente para manter a qualidade do leite. Também são repassados para elas touca, luva e máscara para que possam utilizar quando forem extrair o leite.

“Acho extremamente importante doar o leite porque muitas crianças precisam, e nem todas mulheres conseguem ter produção de leite para amamentar seu próprio filho. Quanto mais eu doou leite, mais eu tenho. Uma bênção de Deus. Fico muito feliz por saber que estou ajudando no desenvolvimento de vários outros bebês”, destacou a mamãe Katrinn Janaina Batista.