Todas as notícias

Santa Casa realiza exame da orelhinha antes do bebê receber alta hospitalar

Da Redação

Publicado em 29 de MAIO de 2017 às 08h59


A fonoaudióloga Drª Patrícia Bomtempo é a responsável pela execução do exame da orelhinha na Santa Casa

O teste da orelhinha é realizado no segundo ou terceiro dia de vida do bebê, um exame que atua na detecção precoce da perda auditiva. Um teste simples, fácil, rápido e sem dor, mas de extrema importância. Na Santa Casa de Misericórdia de Barbacena este exame é realizado antes da alta de todos os bebes nascidos pelo Sistema Único de Saúde - SUS.

Por mês, em média, são realizados cerca de 110 testes da orelhinha nas crianças internas, ou seja, as que ainda não receberam alta médica e uma média de 65 nos pequenos pacientes externos, aqueles que nasceram em outros hospitais da cidade e região e que não realizaram o teste antes da alta do bebê. Desde 2010 é determinado por lei que nenhuma criança saia da maternidade sem ter feito o teste, que é gratuito.

O exame consiste na colocação de um fone acoplado ao parelho de otoemissões acústicas que emite sons de fraca intensidade e recolhe as respostas que a orelha interna produz. Através dele é possível detectar perdas auditivas e estudos indicam que um bebê que tenha um diagnóstico precoce e intervenção fonoaudiológica até os seis meses de idade, pode desenvolver linguagem muito próxima a de uma criança ouvinte. A deficiência é a doença mais frequente encontrada no período neonatal quando comparada a outras patologias. Daí a importância da triagem neonatal realizada com excelência na Santa Casa de Misericórdia de Barbacena.