Todas as notícias

Mais de 1800 bebês nasceram na Santa Casa no ano de 2017 e meninas foram a maioria

Marcio Cleber

Publicado em 05 de JANEIRO de 2018 às 08h47



A Santa Casa de Misericórdia de Barbacena, uma entidade com 165 anos de história, se transformou em uma grande referência na área materno infantil para os 51 municípios da Macrorregião Centro Sul. A entidade recebe em seu setor de obstetrícia para nascimento de bebês, gestantes de todas estas cidades. Segundo balanço da Santa Casa, só no ano passado, nasceram 1857 bebês na instituição. O sexo feminino mais um ano dominou. Desse total, 58% foram meninas e 42% meninos. O número de bebês também foi maior em comparação com o ano de 2016, quando foram 1604 nascimentos.

Um grande destaque foi a quantidade de gemelares, que chegaram a 24 nascimentos. Só no último dia 18 de dezembro, foram registrados três casos. A realização de partos normais vem aumentando progressivamente, principalmente entre as mulheres que vêm ter seu filho por meio de convênios ou particular e para maior incentivo ao parto normal para essas mulheres, a Santa Casa está preparando um espaço para atender especificamente a estas gestantes de convênios ou particulares. 

A Santa Casa, que é um Hospital Amigo da Criança e hoje integrante da Rede Cegonha, é a maior incentivadora do parto normal, uma vez que é bom tanto para a mulher quanto para o bebê. Uma entidade que trabalha com olhar totalmente voltado para o bem-estar da mamãe e de seu filho. Todas recebem, antes de ter alta hospitalar, diversas orientações sobre a importância da amamentação para o crescimento e a saúde do bebê e do quanto é importante para a saúde da mulher.