Todas as notícias

Santa Casa é beneficiada com Programa Energia Inteligente da Cemig

Marcio Cleber

Publicado em 29 de JUNHO de 2018 às 10h15



A Santa Casa de Misericórdia de Barbacena será contemplada pelo Programa Energia Inteligente desenvolvido pela Cemig. O anúncio das 34 instituições que serão beneficiadas nesta primeira etapa foi realizado no dia 21 de junho, em um evento realizado em Belo Horizonte, quando foi entregue um certificado pelas mãos do presidente em exercício da Cemig, Luiz Humberto Fernandes. A Santa Casa de Barbacena estava sendo representada pela diretora administrativa Mary Flaviana Dias Almeida.

O Programa Energia Inteligente irá beneficiar 80 hospitais em Minas Gerais, com a troca de lâmpadas convencionais por equipamentos de tecnologia LED, de alto rendimento e baixo consumo de energia, e a substituição de aparelhos de esterilização das unidades hospitalares (autoclaves) por equipamentos com maior capacidade. Para o setor de lavanderia dos hospitais, o programa fará a substituição de secadoras por máquinas rotativas, com controle de tempo e temperatura automático, com comando automático e digital de tempo e temperatura regulável. As novas secadoras proporcionarão ainda economia de reposição de materiais, pois evitam o superaquecimento dos tecidos.

Alguns hospitais serão contemplados também com sistemas de aquecimento solar. O objetivo é proporcionar a retirada de consumo de energia do horário de ponta, além de proporcionar economia estimada em 70% da energia consumida para banhos. Outros hospitais contarão com a geração própria de energia, por meio da implantação de sistemas de energia solar fotovoltaica, reduzindo diretamente a fatura de energia das unidades hospitalares beneficiadas.

Os focos cirúrgicos, que são equipamentos de iluminação utilizados nos blocos cirúrgicos, serão substituídos pela tecnologia Led. Além de melhorar a iluminação nas salas, esses focos possuem câmera de vídeo e tela de alta definição, que irão permitir aos hospitais realizarem procedimentos cirúrgicos de maior complexidade. Será aplicada também gestão energética nas unidades, pela elaboração de planos de gestão de energia que estabeleçam metas, objetivos e estratégias para a redução do consumo e do planejamento do uso eficiente de energia elétrica na administração universitária.

A Cemig  vai destinar R$ 40 milhões para a eficiência energética em hospitais mineiros, que atendem pacientes do Sistema Único de Saúde - SUS. O Programa Energia Inteligente da Cemig, regulado pela Aneel, baseia-se no incentivo à mudança de hábitos na utilização da energia elétrica e no fomento à cultura do consumo consciente, resultando na redução e eliminação dos desperdícios de recursos naturais. Desde 2015, a iniciativa já destinou mais de R$ 170 milhões para projetos em diversas áreas, beneficiando escolas, prefeituras e hospitais.