Todas as notícias

Santa Casa no rol dos grandes hospitais no país na área de neurocirurgia

Da Redação

Publicado em 25 de FEVEREIRO de 2017 às 03h09



A Santa Casa de Misericórdia de Barbacena é um hospital referência em neurocirurgia para os 51 municípios que integram a Macrorregião Centro Sul. Na última sexta-feira, 18, a entidade realizou um procedimento cirúrgico na área de neurologia que colocou o hospital no mesmo patamar de grandes hospitais referências no estado de Minas Gerais e até mesmo de outros estados. O grande diferencial foi a utilização de aparelhos consideramos da mais alta tecnologia como o neuronavegador e o aspirador ultrassônico. A cirurgia foi executada pelo neurocirurgião Dr. José Antônio Milagres e teve como auxiliar o neurocirurgião Dr. Tarcísio Araújo Oliveira.

Segundo Dr. Tarcísio, por grande incentivo por parte da direção da Santa Casa de Misericórdia de Barbacena, através do Dr. Jorge Correa, e também através da Secretaria Municipal de Saúde e Programas Sociais - Sespas, por meio do secretário Dr. José Orleans, a Santa Casa conseguiu novos e modernos aparelhos para a equipe de neurocirurgia, dentre esses destacamos os equipamentos para fazer cirurgias por vídeo através do crânio que é o neuroendoscópio, e principalmente a aquisição do novo microscópio cirúrgico.  A aquisição dos dois aparelhos teve um investimento da ordem dos R$ 541 mil, fruto de uma parceria entre a Prefeitura, através da Sesasps, com a Santa Casa de Misericórdia.

“Pudemos realizar uma cirurgia não só utilizando esses aparelhos que foram conquistados pela Santa Casa, como também através de parcerias com outras empresas quando tivemos a oportunidade de utilizar o neuronavegador e o aspirador ultrassônico na remoção de um tumor cerebral”, pontuou. De acordo com ele, esses dois equipamentos são considerados de ponta na neurocirurgia na atualidade, pois o neuronavegador permitindo a localização precisa da lesão com isso diminuindo o dano ao paciente e o aspirador ultrassônico possibilitando uma ressecção mais ampla do tumor com o mínimo de lesão no tecido cerebral normal.  

Já Dr. José Antônio destaca que são s disponíveis hoje em dia só em grandes hospitais de referências no estado de Minas Gerais e fora do estado e com “essa cirurgia colocamos a Santa Casa de Barbacena no mesmo nível desses hospitais”. “Só esses dois aparelhos trouxeram uma ampliação muito para a capacidade cirúrgica na Santa Casa diminuindo os danos no paciente. Ficamos muito felizes com os resultados e por realizar a cirurgia com esses tipos de equipamentos na Santa Casa”, completou.