Todas as notícias

O menor bebê prematuro da Santa Casa em um desenvolvimento surpreendente

Marcio Cleber

Publicado em 29 de JANEIRO de 2020 às 08h53



No sistema de saúde existem casos que surpreendem a todos. E a Santa Casa de Misericórdia de Barbacena, em seus 168 anos de trajetória, vive um fato raro de um resultado encantador. Resultado que é fruto de uma dedicação constante de seus profissionais numa cadeia de cuidados minuciosos. Estamos apresentando o caso do pequenino Arthur Gabriel Silva Rodrigues, o menor bebê prematuro nascido na Santa Casa que surpreendeu a todos com seu desenvolvimento. Arthur nasceu com apenas 448 gramas e com 28 cm. Para felicidade dos pais e de toda equipe de profissionais, no último dia 13, recebeu alta da UTI Neonatal pesando 1 quilo e 800 gramas, e passou a ter os cuidados na enfermaria Mãe Canguru, tendo como diferencial os cuidados mais de perto de seus pais. Até o fechamento desta matéria, o pequenino já estava pesando 1 quilo e 820 gramas.  

Seus pais Valeska Vitoriana da Silva e Dorival dos Santos Rodrigues são da cidade de Bom Sucesso. Valeska teve uma gravidez de alto risco. Chegou a ficar internada em Belo Horizonte no início de sua gestão. Fazia seu acompanhamento de pré-natal na cidade de São João del Rei. No dia 17 de setembro, foi para mais uma consulta de seu pré-natal e como sua pressão arterial estava alta, foi encaminhada no mesmo dia para a Santa Casa de Misericórdia de Barbacena. Diante de seu quadro clínico, foi realizado o parto. Valeska tinha apenas 26 semanas de gestação. E o bebê foi encaminhado para a UTI Neonatal onde permaneceu do dia 17 de setembro a 13 de janeiro. Arthur é o terceiro filho do casal.

“Foi um choque para mim, achei que ia perder meu filho, pois era tão pequenininho, mas não perdi minha fé e durante todo este tempo, eu estava ali acompanhando meu filho. Quando me chamaram no dia 13 de janeiro e disseram que ele receberia alta da UTI, não acreditei. Era tanta felicidade, pois ia poder ter meu filho mais direto em meus braços. Agradeço a todos por tanta dedicação para ajudar meu pequeno Arthur e pelas orações que foram fundamentais em todo este processo”, relatou emocionada Valeska.