Todas as notícias

Profissionais falam do período de residência em pediatria na Santa Casa

Da Redação

Publicado em 17 de MARÇO de 2017 às 10h42


As formandas em pediatria, Fabiana Toledo e Maria Carolina

Maria Carolina Feres de Lima e Fabiana Fernandes Toledo concluíram sua residência em pediatria esta semana e em uma entrevista, relata como foi esta experiência na Santa Casa de Misericórdia de Barbacena.

Como foi os dois anos como residentes em pediatria na Santa Casa de Misericórdia de Barbacena?

Primeiro estamos muito felizes por termos sido as primeiras residentes em pediatria da Santa Casa, um fato que ficará marcado sempre em nossas vidas e também na história da entidade. Vivemos uma experiência conjunta de prática/teoria que só nos fez crescer em nossa vida profissional e também pessoal.  Procuramos durante este tempo aprender ao máximo com nossos preceptores e os demais profissionais que atuam na Santa Casa. Importante destacar que fomos extremamente bem acolhidas por todos os preceptores e toda a equipe da Santa Casa. Foi um começo de uma nova etapa em nossa vida profissional. Temos certeza que várias outras turmas virão para a residência porque a Santa Casa desenvolve um trabalho de assistência de total qualidade focada no bem-estar do paciente.

O que destacam de positivo de toda esta experiência vivida dento da Santa Casa, uma entidade com quase 165 anos de história?

Primeiramente o acolhimento por parte de todos, que nos proporcionar ficar mais à vontade para podermos atingir aquilo que viemos buscar, que foi a aprendizagem. Também a formação de nossa base para aquilo que propomos para nossa vida profissional. Destacamos ainda o aprendizado prático, o acolhimento da família,  a maneira carinhosa e atenciosa no atendimento das crianças. A questão da humanização, o aprendizado do aleitamento materno, a criança como centro da família, o acolhimento ao pré-maturo na UTI Neonatal.

E porque escolheram a Santa Casa para residência?

A Santa Casa é uma entidade referência na área de pediatria e desenvolve um excelente trabalho, com profissionais gabaritados e tínhamos certeza que aprenderíamos muito como de fato aconteceu. Uma experiência que nos fez crescer muito em nossa profissão na área da medicina. 

E o que estão levando na bagagem para a vida profissional?

Estamos levando a certeza de que devemos estar em uma constante busca de conhecimentos para podermos realizar a cada dia um atendimento de mais qualidade. Também de olhar o paciente de uma forma humana, ver o que está necessitando naquele momento, o que podemos fazer para ele de melhor.  Que devemos acolher bem o paciente, a família, ter paciência no tratamento das crianças, sempre procura aperfeiçoar.